quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

          PODE E SERÁ USADO CONTRA VOCÊ: 
OSTENTOU  EM REDES SOCIAIS E NÃO PAGOU DÍVIDAS -  RESPONDERÁ NA JUSTIÇA DOS HOMENS.

Fotos e postagens estão sendo usadas pela Justiça para enquadrar quem alega não poder pagar as contas, mas faz viagens ou anda de carro novo.



As redes sociais estão ajudando juízes a julgarem processos envolvendo devedores que alegam não ter dinheiro para quitar seus compromissos, mas ostentam um alto padrão de vida na internet. Há casos em que algumas provas são obtidas em redes sociais, como o Facebook e o WhatsApp.
Um dos casos mais recentes aconteceu em Vitória. Um representante comercial que devia pensão, mas alegava não ter carteira assinada nem bens em seu nome, foi flagrado ostentando viagens internacionais, passeios de lancha e um carro novo no Facebook.
As postagens foram apresentadas, e ele acabou fazendo um acordo. O caso foi relatado pelo advogado empresarial Victor Passos Costa, que explicou que esse tipo de prova tem sido cada vez mais usado, especialmente nos casos trabalhistas e de família.
Em outro caso, um juiz decretou a prisão preventiva de um réu que alegou baixa capacidade financeira, mas apareceu no Facebook em viagens internacionais e pilotando uma lancha.
"Há diversos casos nos quais mensagens do Facebook, WhatsApp e Skype são aceitos pelo judiciário como prova. Isso sem falar do e-mail." Victor Passos, advogado
Hoje, diz ele, há diversos casos nos quais mensagens do Facebook, WhatsApp e Skype são aceitos pelo judiciário como prova. “Isso sem falar do e-mail, que era uma mídia de comunicação on-line desacreditada até pouco tempo”, aponta Costa.
O juiz Jorge Vaccari Filho, titular do 1º Juizado Especial Cível de Colatina, lembra que em muitos casos a prova obtida pela via eletrônica é até mais relevante do que uma prova testemunhal ou documental. “Não é incomum nos processos sujeitos que alegam pobreza serem flagrados em situações de ostentação de riqueza, com carros de luxo, em cruzeiros e viagens internacionais”.
Para o advogado Bruno Gavioli, essas são provas frágeis. “As pessoas mentem nas redes sociais, e não tem nada que comprove que você não está mentindo”.
Ele conta que teve um caso em que uma pessoa foi flagrada em operação da Receita Federal, acusado de fraude fiscal. “Tentaram provar que o patrimônio que ela declarava não correspondia ao que ela postava na internet. Mas foi uma prova fraca”.
Alguns casos
Em dificuldades financeiras... Ou não
Curtindo a vida
Um réu de um processo no Espírito Santo, que vive em São Paulo, alegou baixa capacidade financeira e que havia sofrido um infarto para não poder acompanhar o processo em Vitória. Suas postagens, no entanto, mostravam viagens internacionais, passeios de avião, trilhas e idas à academia. Com isso, o juiz do caso pediu sua prisão preventiva.
Viagens e lancha
Um representante comercial de Vitória, que estava devendo o pagamento de pensão alimentícia, mas que alegava não ter carteira assinada nem bens em seu nome, foi flagrado ostentando duas viagens internacionais, passeios de lancha e um carro novo no Facebook. Ele acabou fazendo um acordo.
Sogro da onça
Uma mulher teve o carro penhorado mas declarou que tinha vendido o carro para terceiro. O terceiro, questionado no processo da penhora, disse que não conhecia a devedora, que apenas tinha comprado o carro dela. No Facebook, se descobriu que o dono do carro era genro da devedora – o que foi provado com fotos do próprio site. O caso aconteceu em Cariacica.
Mentira no trabalho
Doente e na balada
Em outro caso de uma empresa de construção da Serra, uma funcionária faltou ao trabalho dizendo que estava passando mal. No mesmo dia, à noite, postou uma mensagem dizendo que ia a uma festa curtir, se embebedar e se divertir. Ela foi punida com advertência.
Flagra no WhatsApp
O operário de uma empresa do ramo da construção de Vitória foi demitido por justa causa, depois de um flagra no WhatsApp. Ele faltou ao trabalho para ir pescar e pediu a outra pessoa para registrar o ponto no lugar dele. No mesmo dia, postou uma foto pescando no grupo de colegas da empresa, mas se esqueceu de que sua gerente era um dos membros.
Xingou no grupo
Em um grupo do trabalho do WhatsApp, um trabalhador de Cariacica chamou outra colega de vagabunda. Foi condenado a pagar R$ 3 mil por danos morais.
Reclamou no Face
O empregado de uma empresa de Vitória postou um “desabafo” no Facebook em que entendia que tinha que ter ganhado um tíquete que não ganhou e que estava de saco cheio de trabalhar na empresa. Foi demitido por justa causa.
Provas são usadas contra profissionais
Trabalhadores que mentem para os superiores ou fingem estar doentes também têm sido pegos pelas redes sociais. Um dos casos mais comuns nas empresas é o da pessoa que dá atestado médico e viaja. Sem querer, acaba revelando nas redes a mentira.
“Já tive um caso em que a pessoa que trabalhava em uma empresa de plano odontológico de Vitória deu atestado médico em uma sexta-feira e marcaram ela em uma foto no mesmo dia, com bebida alcoólica na mão. Ela foi demitida”, conta o advogado trabalhista José Carlos Rizk Filho.
Outro caso comum em redes sociais é do empregado falar mal da empresa publicamente. “O que tem que se avaliar é a amplitude desse comentário, se é público, se o círculo de relacionamentos é grande, e qual o impacto disso para a empresa”, explica Filho. “Mas é preciso lembrar que tudo que não pode falar em público, não pode falar nas redes. Porque, de certa forma, não é uma conversa individual, é algo público”, detalha.
As punições no contrato de trabalho devem ser graduadas de acordo com a gravidade da falta e o critério de proporcionalidade, diz o advogado Victor Passos Costa. “O funcionário que durante horário de trabalho falta e fica curtindo, deixa de trabalhar por causa disso, é o mais grave. A punição pode ir de advertência escrita, passando por suspensão até demissão por justa causa”.

Reportagem feita por Andressa Garcia - Graduanda em Direito. Apaixonada pelo Universo Jurídico e todas as suas vertentes. Aposta na Via Extrajudicial como forma de resolução de conflitos de forma célere e sem maiores prejuízos. 

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

               TENDA IRRESISTÍVEL


Para a diversão da garotada, principalmente nas férias. Você compra: um bambolê ou corta uma pedacinho da mangueira do jardim faz uma arco, consegue uma cordinha e um araminho para fazer o gancho de pendurar e depois costura ou cola os tecidos e está pronta a mais linda tenda que as crianças já tiveram.
Mãos à obra e a diversão está garantida.                                                    






quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

final de ano chegando: PROTEJA seu CACHORRO DO BARULHO FEITO POR FOGOS DE ARTIFÍCIOs





O cão possui uma audição muito mais sensível que a sua, podendo escutar a origem do som em até 6 centésimos de segundo e em até 45 mil hertz. Essa sensibilidade toda se desenvolveu ao longo da evolução para que os cães pudessem detectar presas e melhorar a comunicação com os outros amiguinhos da matilha.
Momento de festa para uns e de terror para outros.
Quem tem animal de estimação sabe como é estressante para eles lidar com os barulhos feitos por explosivos, como os fogos de artificio, situações que os expõem a altos níveis de ruídos – dá um aperto no coração vê-los em pânico.
Para o veterinário José Paulo Bernardes Júnior, do Hospital Veterinário da Pompéia, em São Paulo, “O mais indicado é que o dono fique com o animal no lugar mais tranquilo da casa e festeje ao lado do pet durante a queima de fogos para que ele se sinta seguro”. A veterinária Paula Avarenga dá outra dica, “você tem que distrair o cachorro com petiscos e brinquedos favoritos“, afinal, sabemos que eles têm essa mania de focar no que está acontecendo na sua frente.

Para amenizar o sofrimento do seu filho peludo, encontramos uma técnica – muito simples – chamada Tellington Touch.
Esse método se baseia na informação de que animais que possuem esse tipo de pavor também têm grande sensibilidade nas regiões traseiras, patas e orelhas.
Sendo assim, consiste em atar seu cão com um pano para que a circulação sanguínea das regiões extremas do corpo seja estimulada, amenizando as tensões localizadas no dorso do animal e diminuindo sua irritabilidade. Veja:

Amarre seu cachorro de forma que a faixa englobe peito e dorso (formando um oito), finalize dando um nó na região traseira, mas certifique-se que não esteja exatamente sobre a coluna.

POR QUE FUNCIONA?

O ato de “amarrar” seu cachorro reverbera no sistema nervoso dele, que recebe a informação sensitiva, envia ao cérebro e o deixa mais calmo, visto que essa pequena pressão ativa seu sistema nervoso autônomo.
Conforme o corpo sente a pressão das faixas, sua psique e tronco entram em harmonia, fazendo com que o pet sinta-se mais seguro e possa enfrentar momentos que lhe causavam medo e pavor.

  • Para os gatos, crie tocas com cobertores para aumentar a sensação de proteção. Deixe também os armários abertos para que eles possam se esconder onde quiserem.

domingo, 6 de dezembro de 2015

DECORAÇÃO DE NATAL COM ARTESANATO EM CD


A sua casa pode ficar linda  usando apenas materiais recicláveis e mais alguns itens típicos da época natalina.

A guirlanda feita com CDs precisa apenas de uma base para guirlanda, que pode ser feita com um pedaço de papelão recortado em formato circular e com um furo no centro.Depois enfeite a sua base para guirlanda com CDs posicionados das mais diversas formas, como um por cima do outro até revestir toda a base para guirlanda ou colando os CDs como se fossem escamas de peixe.
Faça um enfeite de porta ou um enfeite de parede diferente unindo três CDs em posição vertical. Para enfeitar a sua peça também utilize o que você desejar.

O CD pode ser a base de um simpático boneco de neve, que pode ter o estilo que você desejar e que também utiliza EVA branco.


Para enfeitar a sua árvore de Natal você pode utilizar um CD enfeitado com os personagens típicos do Natal.
Utilize o molde que também estamos disponibilizando logo a seguir e recorte as partes em EVA com a cor que você desejar.
Encape o CD também com EVA, mas antes cole um pedaço de cordão dobrado ao meio, para você poder pendurar a sua peça posteriormente, e monte o personagem escolhido sobre o CD.









       REFÚGIOS CRIATIVOS

Gostaria de compartilhar com meus seguidores sobre a importância de se ter um lugarzinho para "REFÚGIO", quando precisamos refletir, sonhar, repensar, descansar mesmo. 
O Ócio Criativo é título de um texto do cientista e sociólogo italiano Domenico De Masi  que ressalta a importância de:

  • Valorização das necessidades reais das pessoas educando os indivíduos e as sociedades para a importância das necessidades básicas, tais como a introspecção, o convívio, a amizade, o amor e as atividades lúdicas. Com isto ficariam em segundo plano as necessidades criadas pela propaganda e pela busca de status.
  • Estruturação das atividades humanas em uma combinação equilibrada de trabalho, estudo e lazer.
  • Valorização e enriquecimento do tempo livre, decorrente de alta disponibilidade financeira para alguns e redução do tempo demandado de trabalho para muitos.
Por isso vejo de extrema importância a criação de nosso próprio espaço criativo. Algumas ideias aqui foram retiradas da net..
Olha só!













                                             Pinturas das próprias pedras para o jardim


por Rejane Regio

sábado, 5 de dezembro de 2015

PLANTE SEU PRÓPRIO GENGIBRE



O Gengibre é cada vez mais conhecido e utilizado devido à sua extensa lista de propriedades benéficas para o nosso organismo, sendo excelente para um sistema imunitário saudável e eficiente em infecções virais. São imensas as utilizações que pode dar ao Gengibre em termos de medicina natural, sendo um ingrediente relativamente fácil (e saboroso) de adicionar à sua dieta!
Uma vez que se trata de um produto um pouco caro no supermercado, e uma vez que pretendemos ter um produto fresco e 100% orgânico para poder usufruir de todos os seus benefícios, vamos aprender a plantar e manter gengibre em casa!
É uma raiz bastante fácil de ter em casa, devendo ser plantada no final do inverno.
1. Coloque um pedaço de Gengibre em água durante algumas horas.
2. Depois retire e coloque dentro de um saco de plástico, até a raiz começar a ganhar uns “olhos”, como no caso das batatas.

3. Quando tiver vários “olhos”, divida o gengibre em vários pedaços – garantindo que cada pedaço tem pelo menos um “olho”.


4. Coloque num vaso com boa terra – e boa drenagem – deixando o olho ligeiramente saído à superfície.


5. Passados 1 a 2 meses a planta estará bastante grande, podendo atingir mais de 1 metro.


6. No Outono, quando a planta secar, tire as raízes, limpe muito bem e armazene num local seco. Guarde uma raiz para reiniciar o processo e planta tanto quanto vir que necessita para o consumo na sua habitação.
Aproveite e comece já hoje!
SAL - 
CINCO DICAS SURPREENDENTES PARA O USO



Entre as muitas utilizações do sal na casa, há também aquela de desodorizante natural: principalmente se for colocado no interior dos sapatos, de facto, é capaz de absorver todo o cheiro. Se temos que eliminar manchas de suor ou ralos de lavatórios   amarelos desagradáveis à vista, em vez disso, basta misturar um pouco de sal com vinagre branco e água para resolver o problema.
O sal é a solução, mesmo quando estás a lidar com o mofo: misturando-o com um pouco de suco de limão, em pouco tempo o problema será resolvido.
Mas não é só: existem muitas utilizações alternativas deste produto, por exemplo:
1) é um excelente remédio contra a caspa, sendo capaz de remover as células mortas da pele que ficam presas no couro cabeludo: massajando o cabelo e a pele com um pouco de sal antes do champoo, não será necessária a compra de produtos específicos no supermercado ou na farmácia.
2) Falando de cuidado do corpo, o sal pode também tornar os dentes mais brancos, criando uma pasta de dentes em pó caseira, feita com duas colheres de bicarbonato de sódio e uma colher de sal.
Esta solução ajuda a manter as gengivas saudáveis e a remoção da placa bacteriana, mas, sendo muito abrasiva, não deve ser usada todos os dias (se fizesses isso, você irias estragar o esmalte do dente): uma vez a cada duas semanas é mais que suficiente para obter os resultados desejados.
3) Sempre falando de cosméticos, o sal presta-se pode se tornar um exfoliante muito eficaz quando combinado com um pouco de azeite extra virgem: com a mistura dos dois ingredientes você pode obter uma pasta cremosa que pode ser aplicada para massagear a pele.
Se quiseres uma mistura mais perfumada, podes adicionar algumas gotas de um óleo essencial. O exfoliante assim preparado pode ser armazenado por algumas semanas em um frasco de vidro.
4) Além disso, não te esqueças que o sal é perfeito para fazer a limpeza e, principalmente, para eliminar as manchas de vinho, mas também para esterilizar as esponjas, tanto aquelas utilizadas na cozinha para os pratos, tanto aquelas usadas na casa de banho para lavares-te, e aquelas que servem para limpar a casa.
Colocando numa bacia um pouco de água fria e sal, as esponjas mergulhadas serão privadas de qualquer odor e irão durar muito tempo.
5) Finalmente, com o sal podes remover manchas de café e chá, por exemplo, dos copos de cor branca, que ao longo do tempo tendem a se manchar: para tirar a sujeira nesse caso, basta esfregar acima de um pouco de sal, ou, em alternativa, mergulhá-los numa solução de água e sal e mantê-los de molho por não menos que um par de horas.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

PORTAS NATALINAS


Natal tem que ser assim. Alegria em todos os corações. Natal tem que ser feliz. Muitas festas muitas emoções

Desde pequena sempre fui encantada com o Papai Noel, fui criada acreditando nele e os meus filhos também acreditaram, acho extremamente importante esse faz de conta que é tão mágico. Meus alunos faço acreditarem, mesmo que neguem e digam que não existe. Acho sensacional esta data, pois as pessoas ficam mais dóceis, amáveis, gentis e na maioria esquecem um pouco a rabugice do dia a dia e se transformam. Faça uma decoração diferenciada na sua sala de aula, na porta do clube, na porta da casa, usem a imaginação, não custa muito.


imagens retiradas da net













terça-feira, 1 de dezembro de 2015


JARDINS INSPIRADORES

Utilizando pedras, seixos, bromélias, tijolos, vasos com suculentas, água, e muito mais você pode criar seu próprio espaço.












                                                                 imagens retiradas da net